sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

GLOBO REPRISA PRIMEIRA TEMPORADA DE “FLASH”


Na madrugada desta sexta-feira (02/12) para sábado, a Globo estará encerrando a primeira temporada de “Escandalos – Nos Bastidores do Poder”  (Scandal) e na próxima segunda-feira, dia 05, começará a reprisar a primeira temporada de Flash. Eu não consigo ver muita lógica nestas decisões da Globo em relação a exibição de suas séries. Scandal tem cinco temporadas disponíveis para exibição, totalizado 90 episódios, e a emissora decidiu exibir apenas os sete episódios da primeira. Por que não dar sequencia a série? A pesar da aquisição de tantas séries, inclusive dos heróis da DC Comics, por que optar pela reprise da primeira temporada de Flash? São decisões bastante questionáveis e acho que a Globo poderia rever seus critérios nas escolhas em sua programação de séries .

Talvez, a decisão de reprisar Flash pode ter sido motiva pela boa audiência apresentada em sua primeira exibição em junho/julho de 2015, onde chegou a apresentar média de sete pontos. Com 23 episódios, a primeira temporada narra o início da saga de Barry Allen (Grant Gustin), um perito forense atingido por um raio, em decorrência de um experimento mal sucedido. Ele passa nove meses em coma e, ao acordar, descobre que se tornou o homem mais rápido do mundo. Em paralelo ao aprendizado de como usar os seus poderes, o herói – batizado de Flash – investiga o misterioso assassinato de sua mãe, pelo qual seu pai foi injustamente condenado.

Por enquanto não há informações se na sequencia teremos a estreia da segunda temporada. A emissora chegou a anunciar as exibições de “How To Get Away with Murder” (Lições de um Crime) e “Empaire – Fama e Poder” após o fim da reprise de Revenge, o que foi revogado. 


terça-feira, 29 de novembro de 2016

“BIG TIME RUSH” DE VOLTA NA BAND/ REDE BRASIL ESTREIA A CLÁSSICA SÉRIE “TARZAN”


Com a substituição da exibição de seriados por jornalismo por parte do SBT, a Band é hoje, dentre as emissoras abertas comerciais, aprincipal na exibição de seriados. Mas estes não são encarados pela emissora como um produto estratégico para a audiência, sendo usados apenas para “tampar buracos” na programação, com a espera de terceiros interessados em locar horários. Por issso, a exibição de series na Band é um verdadeiro samba do crioulo doido, toda a semana tem série sendo cancelada em um horário e série sendo exibida em outro, e essa semana não será diferente, e mudanção serão as seguintes:

Neste sábado, dia 03 de dezembro, “Big Time Rush” está de volta a programação às 10h, e “Victorius” que era exibida neste horário, irá ao ar às 10h30, lugar antes locado para o religioso “Família de Baixo da Graça”. “True Jackson” continua normalmente às 11h.

No domingo, dia 04, “Drake & Josh” e “Popeye” serão exibidos a apartir das 10h, substituindo a “Polishop”. A animação “Tuff Puppy” ganha uma exibição aos sábados pela manhã e na madrugada continua normalmente “Glee” e “Os Simpsons”.

#################################################


A Rede Brasil estreou no sábado passado, dia 26 às 22h, a série clássica “Tarzan” com Ron Ely, o 15º ator a interpretar o herói nas telas. Na série, Earl Greystoke, ainda bebê, fica órfão depois que seus pais americanos morrem em um acidente de avião no continente africano. Achado e criado pelos grandes macacos, o menino recebe o nome de Tarzan. Não muito tempo depois, o jovem Earl é resgatado pelos parentes e levado para os Estados Unidos, onde recebe educação e entra para a Universidade, tornando-se um fenômeno dos esportes, inclusive no Karatê, esporte que ele domina. Decepcionado com a civilização, Earl volta para a selva africana, vivendo novamente como Tarzan.

Esta vesão de Tarzan para tv foi produzida entre 1966 e 67 com duas temporadas e 57 episódios,  com a atuação de Ely considerada a mais próxima aos quadrinhos.  Aqui no Brasil a série já foi exibida nos anos 70 pela Rede Globo e de pois pela Record. Uma curiosidade da série é que ela traz a macaca Cheeta mas não conta com Jane. A pesar dos méritos pela exibição a Rede Brasil já deu uma bola fora, nesta primeira exibição da série a emissora meteu a tesoura retalhando a metade, exibindo um episódio de mais ou menos 50 minutos, em menos de meia hora. Confira a aberta com a dublagem clássica da série.


domingo, 27 de novembro de 2016

GLOBO ESTREIA NOVA SÉRIE: “ESCÂNDALOS – NOS BASTIDORES DO PODER”

  
Com o fim da reprise da terceira temporada de “Revenge” a Globo estará exibindo uma série inédita a apartir desta segunda-feira, dia 28. Scandal, que em postuguês ficou ‘Escandalos – Nos Bastidos do Poder’, será exibida de segunda a sexta logo após o Programa do Jô. Produzida ABC a série se passa em Washington e é estrelada por Kerry Washington, que interpreta Olivia Pope, uma ex-funcionária da Casa Branca responsável pela criação da Pope & Associates, uma empresa de gestão de crises que atuará em conjunto com o governo estatudinense. A primeira temporada da série foi produzida em 2012 com sete episódios, a sexta estreia em janeiro de 2017 nos Estados Unidos sendo composta por 16 episódios.

A Globo não divulgou quantas temporadas de Scandal serão exibidas, mas algumas de suas filiadas já estão anunciando a reprise da primeira temporada de “Flash”. Caso isso ocorra, a emissora deverá exibir apenas a primeira temporada de Scandal o que é algo que não se justifica, pois, além de ser uma temporada curta, temos cinco temporadas da série disponíveis para serem exibidas na tv aberta.


Em ScandalUma ex-consultora de mídia do Presidente, Olivia Pope (Kerry Washington) dedica sua vida a proteger e defender as imagens públicas da elite americana, resolvendo problemas antes que o mundo saiba que eles já existiram. Depois de deixar a Casa Branca, ela abre sua própria empresa, na esperança de iniciar um novo capítulo - tanto profissionalmente como pessoalmente - mas ela parece não conseguir cortar completamente os laços com seu passado.

Olivia é a chefe da equipe formada por Harrison Wright (Columbus Short), Quinn Perkins (Katie Lowes), Stephen Finch (Henry Ian Cusick), Abby Whelan (Darby Stanchfield) e Huck (Guillermo Diaz), um hacker.
Desse modo, a trama apresenta um grupo disfuncional que tem a função de mediar as crises empresariais e políticas de seus clientes. A Olivia Pope & Associates é uma firma composta por advogados e investigadores chamados para resolver situações que precisam ficar longe da mídia e da curiosidade do público, antes que cause um escândalo.

A temporada introduziu Olivia Pope e os vários membros de sua empresa, bem como o presidente dos Estados Unidos, Fitzgerald Grant e Cyrus Beene, seu chefe de gabinete. Os episódios focaram as vidas de todos os membros da equipe, o relacionamento entre Olivia e seu ex-empregador, o Presidente, juntamente com o mistério em torno de Amanda Tanner e seu envolvimento com a Casa Branca, entre outros casos.