quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Exibição de séries pela Internet promove TV por assinatura, diz Terra


De um lado, no painel de abertura da ABTA 2009, que ocorre esta semana em São Paulo, teve Alberto Pecegueiro, diretor geral da Globosat, classificando o acordo do Terra com a Disney para a distribuição de conteúdos como sendo um equívoco. De outro, o diretor geral do portal, Paulo Castro, reforçou a parceria e lembrou que a terceira temporada da série "Ugly Betty", que está sendo disponibilizada no Terra TV, ainda não foi exibida pela TV por assinatura (a série passa no canal Sony). Castro participou de um painel sobre conteúdo em todas as telas ao lado de Milton Neto, diretor da Turner.

Para Castro, a exibição de conteúdo - em especial séries - da TV por assinatura no portal é benéfica. "Se fizer uma reflexão mais madura, pode-se notar que os usuários que assistem no portal passam a querer ter TV por assinatura, assim como aqueles que já acompanham séries pela TV assistem ao conteúdo no Terra para não se perder na história", diz.

Ele lembra ainda que as experiências de assistir conteúdos em vídeo pela Internet e pela TV são diferentes. "Falar ao celular é pior do que falar no telefone fixo, mas optamos pelo celular pela mobilidade e comodidade que nos oferece. Com o vídeo é a mesma coisa: ver TV pela Internet não é tão agradável quanto ver pela TV e a pessoa só opta pela Internet pela flexibilidade de horários, opções, comodidade. Se puder, vai ver pela TV", afirma.

Milton Neto, por outro lado, afirma que a estratégia da Turner é oferecer na Internet conteúdos que não estão na TV e que fazem parte do acervo da programadora. Os modelos praticados pela Turner variam de site para site. No caso do iG, por exemplo, o conteúdo é fechado e oferecido ao usuário mediante assinatura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine.