domingo, 16 de agosto de 2009

Segunda tem Jaspion na Ulbra tv


Nesta Segunda a Ulbra vai exibir mais um episódio do Fantástico Jaspion a fazer a alegria de muitos que não perdiam um dia das lutas do pioneiro herói japonês.
Jaspion vai ao ar ás 10h20min e terá apenas um episódio exibido...que pena.

O Fantástico Jaspion no Brasil, foi televisada pela Rede Manchete a partir de 1988 fez um estrondoso sucesso no país inteiro. Na década seguinte a série, já fora da Rede Manchete, voltou a televisão na Rede Record em 1994, e na Gazeta em 1996.

Jaspion foi e continua sendo um ícone de toda uma geração e, em termos de números é sem dúvidas a série de tokusatsu com maior sucesso e com o maior número de fãs fora do Japão que existe no planeta. Jaspion deixou fãs fiéis e apaixonados que sem dúvidas sonham um dia com uma visita dele Hikaru Kurosaki ao Brasil.


A saga de Jaspion se inicia quando o sábio Edin (Edgin, na versão original japonesa) encontra o garoto entre os destroços de uma nave na qual seus pais morreram juntos por causa de um acidente. Edin cria Jaspion por vários anos sabendo que este seria o guerreiro celestial encarregado de destruir o mal criado por Satan Goss.

Jaspion, já na adolescência, compreende o seu destino e aceita de Edin as armas e a andróide Anri que seu mentor construiu para esse confronto contra Satan Goss. Ele seria encarregado de encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o Planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss. Entre as suas armas estava a armadura Metaltex, que aparecia a um comando mental seu, e a nave Daileon, que também se transformava em um enorme robô gigante.

Em seus vários combates, Jaspion e Anri fizeram vários aliados, como a pequena alienígena Miya, Boomerman (Boomerang, no original que se torna agente especial da interpol na segunda temporada) e o professor Nambara.

Um comentário:

  1. Sensacional o Jaspion, chego a chorar quando assisto. Parabens;

    ResponderExcluir

Opine.